O BRINCAR E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA APRENDIZAGEM

O brincar é a base do desenvolvimento para as crianças e pode interferir de maneira positiva na memória, nas aquisições de habilidades e no processo de aprendizagem da criança. As competências da cognição, das relações sociais e habilidades motoras são observadas pelas manifestações das experiências vividas, pela maneira como exploram o espaço e interagem com seus amigos e família das crianças.

A brincadeira é uma parte essencial da vida de todas as crianças e é vital para o desfrute da infância, bem como para o desenvolvimento social, emocional, intelectual e físico.

Play England

O conhecimento é adquirido pela experiência ativa sobre o ambiente. O processo de aprendizagem necessita de exploração, contato, atenção e motivação. As habilidades motoras, precisam da movimentação ativa, pegar, jogar, escalar, pular, engatinhar e o que mais a criança puder experimentar. As relações sociais precisam de contato com outras pessoas, com outros ambientes e outros costumes para se desenvolver. A criatividade e a imaginação precisam de tempo, espaço, um meio ambiente seguro e rico em estimulo, e liberdade para se concretizar.

Two children playing with toys Stock Photo free download
O desenvolvimento das habilidades motoras, cognitivas, de linguagem e socioemocionais, necessitam de todos essas oportunidades para acontecerem.


O brincar consegue oferecer tudo ao mesmo tempo. Algumas dicas para estimulação:

  • A brincadeira tem que ser divertida, para que possa manter a atenção e o interesse da criança,
  • Não há necessidade de atividades, brinquedos, e lugar específicos para que o estimulo seja efetivo ou a brincadeira seja de qualidade,
  • Realize brincadeiras que nāo seja tão comum no dia a dia para trazer novidades
  • Invente jogos, e brincadeiras
  • Peça para a criança criar regras e conduzir jogos

Mesmo as crianças que apresentam algum atraso de desenvolvimento ou dificuldade de aprendizagem devem ser estimuladas pelo brincar e por momentos lúdicos durante as atividades de rotina em casa . Além das terapias que a criança realiza, o estímulo deve ser realizada pela família, de maneira descontraída e divertida, contextualizada com as tarefas naturais que realizam no dia a dia.

Momentos como hora do banho, do preparo dos alimentos, caminho da escola, também podem ser divertidos e estimuladores e são muito importantes, pois têm significado para a criança.

As brincadeiras conectam muitas áreas cerebrais simultaneamente, e conseguem estimular a formação da qualidade e quantidade de redes sinápticas muito grande.

O processo de aprendizagem é mais qualificado e eficiente quando é realizado por atividades lúdicas e divertidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima